... Expressividade ...

"Decifra-me mas não me conclua, eu posso te surpreender! - Clarice Lispector

Meu Diário
31/12/2020 14h19
3° Leitura... A reinterpretação da liberdade de quem somos!

Às 13:30 do dia 31/12/20. finalizei pela 3x a leitura "Crepúsculo dos ídolos" e pela 3x desperto meu olhar e abandono o meu pensamento da 2° leitura...

Reafirmo que esta obra resume toda a filosofia dos grandes mestres que nos acorda a maturidade de cada ano relido.

Nela se encontra os pilares fundamentais da filosofia do que somos, as vezes, sem mesmo nos perceber. Quando olhamos as ações do homem em sua fragilidade, ignorância, desejo de dependência! O eterno retorno, a vontade de potência e a contra idealização.

Toda a filosofia do talvez se encontra aqui resumida, pena é que Nietzsche ainda não possa ter sido lido por toda classe social ou ainda as que deveras ascenderam rapidamente com livros de Paulo Coelho ou de algum coach da moda...

ler os grandes pensadores da filosofia raiz,  te impulsiona a compreender que toda motivação se positiva ou negativa depende da interpretação e da lição que se tira. Alguns acertam e se tornam hhomens comuns e de espírito livre outros se tornam homens poderosos fabricando gaiolas.

#reflexão #saudemental #autoconhecimento #autoestima #motivação #desenvolvimento #foco #sucesso #empatia #liderança #pessoas #trabalho #objetivo #aprendizados #meditação


Publicado por Monet Carmo em 31/12/2020 às 14h19
 
25/12/2020 16h37
Refletir esse natal pandemico...

Que mesmo estranho, assim o seja. Que mesmo sendo improvável que Ele tenha nascido em tal data, o seja. Que apesar da fartura repartida e dos pobres consolados em um dia, o seja. Que apesar de no resto do ano nos esqueçamos do próximo, o seja. Que se o pão que dermos puder ser menos “pedra” aos famintos, o seja. Que mesmo entendendo caridade como troca, o seja. Que mesmo àqueles que falarem seu nome em vão, o seja.



Pois urgente é que entendamos logo. Que caridade é compartilhar o que há de melhor. Caridade não é momento e sim estado de espírito. Caridade não é dar o troco do pão, a calça rasgada ou o resto do feijão. Caridade é dar ouvidos, boas palavras e satisfação. É olhar para o próximo e ver além de um espelho.



Só mesmo em uma pandemia esvaziemos um pouco as lojas. Nos contentemos com metade do "peru" e cubramos todos os espelhos por um tempo. Vendo o reflexo em quem vier, como vier. E me parece que vem!!! Na dor, mas vem! 



Publicado por Monet Carmo em 25/12/2020 às 16h37
 
25/12/2020 16h34
Eu espero que esse dia seja hoje...

Pois o dia em que aceitarmos a ideia de que não escolhemos escolher nossas escolhas será aquele em que romperemos os grilhões e deixaremos a condição de vítimas, ficando livres para construir as vidas que nascemos para viver.



Publicado por Monet Carmo em 25/12/2020 às 16h34
 



Página 6 de 145 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » «anterior próxima»

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras