... Expressividade ...

"Decifra-me mas não me conclua, eu posso te surpreender! - Clarice Lispector

Textos


Quando uma pessoa vem e diz que você é ruim, muitas vezes isso te irrita porque no fundo você deseja ser bom ou passar a imagem de bom.

Quando uma pessoa vem e diz que você é um mau profissional, muitas vezes isso te afeta porque no fundo você deseja ser um exímio profissional ou quer passar essa imagem a outros.

Quando uma pessoa vem e diz que você é pequeno, muitas vezes isso te aborrece porque no fundo você deseja ser grande ou quer parecer grande perante os outros.

Quando uma pessoa vem e diz que você é fraco, muitas vezes isso te entristece porque no fundo você deseja ser forte e poderoso ou quer transmitir essa impressão aos demais.

Quando uma pessoa vem e te trata como subalterno, muitas vezes isso te chateia porque no fundo você deseja ser o chefe, o comandante, o líder, o destaque.

Quando uma pessoa diz que você é feio, pare e perceba o quanto isso te abala possivelmente porque, no fundo, você deseja muito ser visto como bonito, esbelto, deslumbrante, garboso etc.

Todo sofrimento humano está baseado nessa simples regra: eu desejo, não tenho, (ou perco) me frustro e sofro.

Eu queria ser algo, não sou, ou deixo de ser, e isso me dói.

Se a pessoa não desejasse ser isso ou aquilo, ela não sofreria por não ser isso ou aquilo.

Nossos desejos não satisfeitos criam o sofrimento que nos tortura e nos degrada, nos apequena, nos faz cair nas mágoas, frustrações e tormentos.

Quem não deseja ser alto, não sofrerá por ser baixo; quem não deseja ser bonito, não sofrerá por ser feio; quem não deseja ser santo, não sofrerá por ser profano.

Quem se aceita como é e tem fé na dádiva da vida, evita muitos sofrimentos por conta de desejos não satisfeitos, e não padece com as frustrações daquilo que se desejou, se perdeu ou não se conseguiu.

Viva a existência universal com a graça daquele que tem tudo, por nada desejar para si.

Como diz a máxima: quem perde seu telhado, ganha o céu como teto, assim como as estrelas brilham dentro de sua residência.

Quem deseja suprir seus próprios interesses, sofre com o maior mal do ser humano: o egoísmo.

Essa é a raiz de todo o sofrimento.
Mone TCarmo
Enviado por Mone TCarmo em 14/10/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Simone T Carmo, www.monetcarmo.prosaeverso.net) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras