... Expressividade ...

"Decifra-me mas não me conclua, eu posso te surpreender! - Clarice Lispector

Textos


Muitas pessoas têm o armário cheio de sapatos, mas sua vida está vazia de uma direção, um objetivo. Apesar de terem muitos sapatos, elas não sabem como caminhar…

Muitas pessoas têm o prato cheio de comida e a geladeira lotada de alimentos, mas em seu interior há um vazio que espera ser preenchido.

Muitas pessoas têm a mente cheia de pensamentos, ficam pensando, formulando, elucubrando, trabalhando sua mente de diversas formas, mas a consciência acaba sendo vazia de significado, de sentido e de um propósito maior.

Muitas pessoas têm o coração cheio de emoções descontroladas, sentem tudo, seu peito é lotado dos mais diferentes sentimentos, mas o seu coração está oco, o seu sentir a vida está vazio e seu ânimo é raso e superficial.

Uma vida cheia de pressa, onde vivemos correndo o tempo todo, sempre atrasados e ansiosos por algo que virá, pode ser uma existência vazia de objetivos claros, profundos e que tocam nossa alma.

Uma vida cheia de coisas externas, onde se faz tudo para ganhar e para conquistar aquilo que está fora de nós, com uma ânsia de adquirir algo visando ter mais e mais, pode criar uma ausência dentro de nós, um imenso vazio em nosso ser interior.

Pessoas cheias por fora podem muitas vezes estar vazias por dentro. Quanto mais alguém busca e deseja ter muitas coisas, menos ela pode se preocupar com o âmago de si mesmo, sua alma, seu espírito.

Não deixe de buscar o significado da vida; não caminhe oco e vazio pelo mundo; não viva apenas existindo…

Viva com profundidade, com inspiração… elevando seu ser interior rumo ao infinito e a fonte da vida.
Mone TCarmo
Enviado por Mone TCarmo em 14/10/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Simone T Carmo, www.monetcarmo.prosaeverso.net) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras