... Expressividade ...

"Decifra-me mas não me conclua, eu posso te surpreender! - Clarice Lispector

Meu Diário
25/04/2018 13h11
LUTO .. Perdão e Amizade!

.

.

.

Amiga Márcia Marta.

.

O tempo pode nos fazer distante, as fofocas podem querer nos afastar. Mais existe situações e caminhos que precisamos entrar para saber qual o verdadeiro significado de Amigos, familiares, amigo de Amigos, parentes de Amigos, amores e ex-amores têm no nosso presente! Na nossa atual estrada.

.

A gente amadurece, sofre, se frustra, vence, ganha, sorrir, têm força e também não têm nada! Mais aquele que acredita na gente fica! Sempre fica! E nunca fui embora realmente... muito menos vc.

.

Te amo como irmã e como amiga...

Te amo com a mesma dor quê agora sentes...

Te amo com o mesmo sorriso que nem a tristeza a deixa em silêncio...

Vou está sempre por perto!!

.

.

PELO DESENCANAR DE Edson Martins Ferreira. Em 24+04+2018.


Publicado por MoneCarmo em 25/04/2018 às 13h11
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Elasendopoesia) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
 
24/04/2018 20h30
Sentimentos por outros ângulos... por Jordan Campos

❤🍃❤🍃❤🍃❤🍃💔🍁💔🍁💔🍁💔🍁💔


Publicado por MoneCarmo em 24/04/2018 às 20h30
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Elasendopoesia) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
 
23/04/2018 21h55
sem sonhos... Principalmente Sonhos

Hoje me senti burra...

Burra por sempre acreditar no melhor das pessoas... Por acreditar que o ser humano uma hora na vida se sinta incomodado com a vida cheia de dividas, com os sonhos presos, com nó dado junto a pessoas que não sabem lutar de igual pra igual para crescer na vida!

 

 

me embrulha a alma de sentimentos vazios de tantas pessoas que se carrega nas costas por costume de procurar os mesmo relacionamentos errados... O costume de esconder de onde veio e porque voltou e se voltou por qual motivo se envegonhar de começar de baixo? staus que não se têm? Dinheiro que não se acha, pois não cai do céu se não fizer por onde ganha-lo!

 

 

me enoja pessoas que sugam o melhor da outra e a deixa sem energia nenhuma de seguir confiante no amanhã... Gosto de pessoas corajosas em viver a vida, admiro quem faz do caos uma oportunidade de fazer a diferença pra si mesmo.

 

 

Hoje tudo que mais desejaria era está em um fundo frio, sem luz, sem oxigênio e sem sonhos... Principalmente sem Sonhos!

 

 


Publicado por MoneCarmo em 23/04/2018 às 21h55
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Elasendopoesia) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
 
23/04/2018 09h32
Verdades & Segredos

.
Cheguei a um ponto da minha vida em que muita da teoria me cheira a mofo e muita da prática deixa-me indiferente. A idade fez-me começar a ir ao encontro daquilo de que antes fugia. Deixei de ceder a chantagens de qualquer tipo e removi todos os móveis que tiravam luz à minha casa. Parei de precisar daquilo que não tenho e deixei de querer o que não é suposto ficar comigo. Proibi-me de ser para os outros aquilo que me faz mentir a mim mesmo e recusei-me a deixar de ser livre por causa de seja quem for. Ainda que possa estar enganado, não vou desistir daquilo em que acredito. Algo em mim funciona como uma velha máquina de escrever. O que faço, não apago mais.

José Micard Teixeira - texto do livro "Entre muitas verdades e alguns segredos" - 2018 Fevereiro

.

.

 


Publicado por MoneCarmo em 23/04/2018 às 09h32
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Elasendopoesia) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
 
23/04/2018 09h15
A vida passa e não espera!

Você que ja viveu de tudo um pouco, 
Já chorou de alegria e de medo...
Já foi elogiada pelos colegas de trabalho;
Já recebeu propostas de grandes desafios...
Já ganhou algumas guerras pela camisa que vestia!
.
Você que não nasceu pra esperar dá certo!
Você ia e vai com a armadura que te veste naquele momento sem medo ou dúvida nenhuma.
.
Você que não tem medo de recomeçar e de sujar as mãos na terra... Os pés na lama... Que não se importa em desfazer a chapinha com o capacete de obra à sol à pino!
.
Voe borboleta...
Voe só...
Voe sem pressa...
Que a vida passa e não espera!


Publicado por MoneCarmo em 23/04/2018 às 09h15
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Elasendopoesia) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.



Página 8 de 120 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras