... Expressividade ...

"Decifra-me mas não me conclua, eu posso te surpreender! - Clarice Lispector

Meu Diário
01/05/2018 16h19
O verdadeiro despertar espiritual

Tem gente que acha que despertar é ver luzinhas brancas piscando, fugir das responsabilidades e culpar tudo e a todos pelas mazelas do mundo. Não! Isso não tem nada a ver com despertar, na verdade é exatamente o oposto; isso é adormecer.

Despertar é reconhecer e compreender todas as sombras que habitam seu ser, incumbir-se de novas responsabilidades e perceber que você é o próprio agente transformador da realidade que vive.

Não, isso realmente não é fácil. Aliás, isso é a coisa mais difícil que alguém pode vivenciar. Mas é só desconstruindo que tudo que lhe ensinaram como verdade é que podemos  finalmente deixar de viver a realidade dos outros e finalmente sermos donos de nosso próprio destino. Autoconhecimento é a chave. 

E se pensar que está ficando louc@, relaxe. Talvez você esteja mais sadi@ do que aqueles que se dizem "normais".


Publicado por MoneCarmo em 01/05/2018 às 16h19
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Texto de Kollen Naka) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
 
01/05/2018 12h19
SÍNDROME DO COITADINHO DE MIM (por Jordan Campos)

- Você já deve ter conhecido pessoas assim ou quem sabe seja a tal. Pessoas que usam as desculpas e o vitimismo como forma de se proteger de agir, crescer e exercitar sua própria identidade. Acostumaram-se por algum fator de suas vidas muito mal resolvido, a terem medo de mostrar quem realmente são, e assim criaram uma máscara cooperativa, amiga, meiga e quase iluminada - mas no primeiro momento que precisam enfrentar por si mesmas a vida e decidir, arrolam culpados e se travestem de coitadinhos - parecem mais aquele gatinho no filme do Shrek com o chapéu nas mãos tapando o rosto. 



Comum identificar estas pessoas pela contradição entre o que pregam e como vivem. Quase sempre usam de vernizes públicos que disfarçam bem sua condição de infelizes. A capa de coitadinhas e vítimas são seu maior esconderijo! Tente, até sem querer, ajudar elas a entender isso e receba a ira de que no fundo o culpado é você! 



Oram pela melhora, mas atiram nos anjos-situações que entrem pelas frestas de suas janelas fechadas. No fundo no fundo, por terem passado muito tempo no papel de personagem têm medo da luz que as libertaria, e talvez nunca consigam abandonar este papel se não passarem por um choque fulminante em suas vidas.



O coitadinho de mim não é realizado, tem profunda amargura retida, e não percebe isso. Como diria Lulu Santos - levou o personagem para a cama e isso foi fatal. No consultório vão mostrar como são vítimas dos outros, e como são puros e bons. Não vão aceitar ajuda espontânea - isso é triste, mas real. Podem ler este texto e lembrar de outra pessoa, mas irão se proteger de refletir - ou, ao final da leitura, vão me bloquear e sentir ódio. “Ele não sabe de nada - culpado”. 



 



Por Jordan Campos



www.jordancampos.com.br



Publicado por MoneCarmo em 01/05/2018 às 12h19
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Elasendopoesia) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
 
01/05/2018 08h54
Quando eu morrer

Eu não quero ser lembrado apenas quando morrer. Não quero que olhem para quem eu fui quando eu já não puder mais ser. “Ele era tão isso, tão aquilo, por que eu não disse o quanto me importava?”, então por que não diz agora? É sobre isso que eu falo. Se puder me abraçar agora, me abraça. Se puder olhar nos meus olhos e dizer o quanto se importa, vem cá e diz. Se puder me amar nessa vida, por favor, me ama. Fico imaginando quem choraria por mim, mas se eu pudesse escolher, gostaria que chorassem agora. Gostaria de sentir o quanto sou importante na vida de alguém. Não quero ir embora sem ter ouvido tudo que eu deveria ouvir. Mas pior do que não ouvir, vai ser para aqueles que não falarem. E no final, a única coisa que vai restar será: “Eu deveria ter dito…”, sim, você deveria.


Publicado por MoneCarmo em 01/05/2018 às 08h54
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Elasendopoesia) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
 
01/05/2018 00h20
Sente-se amor...

Sente-se amor! Sente-se e não pense no conceito distorcido do que seja amor pra cada pessoa que o sente de sua maneira. 



Sente-se amor! E sinta-se vivo por um sentimento que uma alma repleta de ti, oferece desejos secretos que vivem pulsando em teu corpo, coração que te queima a carne. 



Sente-se amor! E pense na forma de como conseguiras manter tantos relacionamentos de mentirinha na intenção de ser a imagem do melhor ser humano para todos aqueles ao teu redor, enquanto no escuro e no desejo secreto de ti... tu es apenas tu mesmo sendo feliz nas horas em que deixas ser amado por quem verdadeiramente te faz amar a vida que te liberta nas horas em que tu és apenas tu. 



Sente-se amor! E deite no sofá da vida quando a melancolia da saudade chegar. Quando vier em teus pensamentos aqueles beijos, aqueles desejos, o suor pingando minando do teu corpo pelo calor do toque que só sentia quando o outro corpo tu possuias e incontáveis gozos os tremores que dela vinha tu satsfazias. 



Pensa amor... Não!



Alias não pense amor.



Sente-se amor. É sorria e entristeça Amor... Pois hoje tudo é saudade sentada no chão da vida que já não há teus olhos me olhando ... Nem teu corpo me querendo. 



Sente-se amor... e seja feliz com o amor que deverás a vida já te presenteou à anos e que te prende a pensar no amor que te deixa vivo pra vida que te pulsa fogo... Sente e pensa amor... O amor pensa ilusões e sente a realidade que prende a felicidade plena e efêmera de apenas viver os dias... nem que pra isso estejamos meio mortos pra vida!. 



Publicado por MoneCarmo em 01/05/2018 às 00h20
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Elasendopoesia) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
 
01/05/2018 00h18
Assim mesmo...

ASSIM MESMO

Muitas vezes as pessoas são egocêntricas, ilógicas e insensatas.

Perdoe-as assim mesmo.

Se você é gentil, as pessoas podem acusá-lo de egoísta, interesseiro.

Seja gentil, assim mesmo.

Se você é um vencedor, terá alguns falsos amigos e alguns inimigos verdadeiros.

Vença assim mesmo.

Se você é honesto e franco, as pessoas podem enganá-lo.

Seja honesto assim mesmo.

O que você levou anos para construir, alguém pode destruir de uma hora para outra.

Construa assim mesmo.

Se você tem Paz e é Feliz, as pessoas podem sentir inveja.

Seja Feliz assim mesmo.

Dê ao mundo o melhor de você, mas isso pode nunca ser o bastante.

Dê o melhor de você assim mesmo.

Veja que, no final das contas, é entre você e DEUS.

Nunca foi entre você e as outras pessoas.


Publicado por MoneCarmo em 01/05/2018 às 00h18
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Elasendopoesia) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.



Página 6 de 120 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras