... Expressividade ...

"Decifra-me mas não me conclua, eu posso te surpreender! - Clarice Lispector

Áudios

Um dia te encontrarei..
Data: 26/12/2016
Créditos:
Texto / Voz: MoneCarmo
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (MonetCarrmo) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.


Pra quem já encontrei diversas vezes...
                 E também já perdi outras tantas!

"Quero que conversemos na cama pela manhã, sobre todo tipo de coisas, mas algumas vezes, pela tarde, quero que cada um faça o que quiser durante o dia.

Quero que me fale sobre as noites em que você sai com seus amigos.
Que me conte que havia uma menina no bar que te olhava.
Quero que me mande mensagens quando estiver bêbado com seus e me diga besteiras, apenas para que possa ficar seguro de que eu também estou pensando em você.

Quero que me faça querer falar sobre mim e que você fale sobre você.
Quero que me conte seus planos, esses que não têm nem pé, nem cabeça.
Quero surpreender-me dizendo: “Pega seu passaporte que estamos indo”.
Quero ter medo com você. Fazer coisas que não faria com ninguém mais, porque com você me sinto segura.
Quero que me beije, me use como travesseiro e me abrace bem forte durante a noite.

Quero que tenha sua vida para que decida viajar algumas semanas, apenas por capricho. Para que eu fique aqui, sozinha e chateada, desejando que salte sua carinha no Whatsapp me dizendo “Psiu!”.

Quero algo que seja simples e, uma vez ou outra, complicada. Algo que, por alguns minutos, me faça fazer perguntas a mim mesma, mas no momento que estiver com você em um mesmo local, desapareçam todas as dúvidas.
Quero que pense que sou bonita e que fique orgulhoso ao dizer que estamos juntos.

Quero que me fale te amo e, acima de tudo, poder dizer isso a você.
Quero que me deixe andar na sua frente para que possa ver como meu corpo se mexe, porque meu bumbum balança e isso te faz sorrir.

Quero fazer planos sem saber se no fim os realizaremos.
Quero estar em uma relação clara.

Quero ser aquela com quem você faz amor e depois dorme. A que te deseja paz quando está trabalhando e a que fica encantada quando você faz piadinha sem graça, mais que meus olhos te envolve com certa doçura!

Sim...

Um dia te encontrarei”
.
Enviado por MoneCat em 16/12/2016

Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras