... Expressividade ...

"Decifra-me mas não me conclua, eu posso te surpreender! - Clarice Lispector

Áudios

°°°><°°° Cansei de explicar!
Data: 23/03/2010
Créditos:
Texto e voz: Mone Carmo
ano: 2010.
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


                                      °°°><°°° Cansei de explicar!


Cansei de explicar os porquês de tudo...
Cansei de me confundirem com porcelanas;
Cansei de ser bem vista na trama...
Cansei de buscar motivos para boas respostas!

Não procuro amores ‘virtuais’ desistir de todos
Falsos, lacrados, virtualmente fadonhos...
Prefiro o real que já me toma em angustias de sóbriedades
Amizades balançadas por achismos de si mesmas
Desejo somente respeito pelo espaço que vivo.

Não busco ninguém e ninguém me busque,
Deixe-me aqui quieta em minhas frases,
Deixe-me limpando meus mofados textos...
Deixe-me aqui afinando minhas rimas,
Longe de ser “poetisa” famosa e conhecida!

Cansei de ser boazinha...
Desejo ser má!
Me olhe com desdém...
Invente historias esquisita,
Não me importa...
Não quero ibope!

Só me deixem aqui, eu comigo mesma e meus medos
Pode ser que amanha tudo seja diferente;
Pode ser que amanha nunca mais olharei em espelhos,
Pode ser que amanha acorde louca de minha loucura contida
Pode ser tanta coisa e pode ser nada...

Não quero ser a mais lida muito menos a mais comentada...
Quero apenas que os poucos que me conhecem,
Sorriem de mim, xingue de mim, me odeiem pois me amam!
Quero apenas ter passado, cruzado o limite de todos...

O poeta que escreve a realidade que vive e que sente;
Podem me confundir vida e obra... Sou realmente um ser demente
Que mente a verdade que gostaria de ser diferente!
Desesperada pelo fim do que machuca e adoece a alma...
Ninguém irá entender, ou poucos quem sabe irão se identificar.

Mais amanhã tudo pode ser novo,
Inclusive mia aus
ência nesse lugar!

Enviado por MoneCat em 22/03/2010

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras